Passeando na Gaiola da Mamãe

por Aline Pêgas

Essa semana vamos falar sobre o tempo que os ratos passam fora da gaiola. Para ter uma vida saudável e ser feliz, é importante que seus ratos não fiquem o tempo todo presos. Isso é importante não só pra felicidade deles, mas para que você se torne parte da família dos seus ratos. Se você, como eu, sempre quis um rato que durma no seu colo, goste de cócegas, venha correndo quando você chama e esbugalhe os olhos de felicidade, precisa interagir com ele fora da gaiola.

Fora da gaiola? Onde?

Aqui em casa, meu quarto é à prova de ratos. Isso significa que não tem nada que possa machucá-los e nada que eu me importe se eles destruírem. Talvez você não possa fazer isso com um quarto inteiro, mas vamos falar sobre outras opções adiante.

A primeira coisa é garantir que não tenha fios elétricos ao alcance de um rato, mesmo desligados. Lembre-se que eles são excelentes escaladores. Aparentemente o isolamento dos fios é delicioso. Fibra óptica também é super atrativa. Essa notícia conta sobre como ratos deixaram 15 pessoas aqui em Curitiba sem internet no ano passado. Um truque (que eu li, mas não testei) é colocar silvertape pra cobrir fios que você não pode tirar. Aparentemente eles odeiam aquela “colinha” que gruda nos dentes e não vão tentar roer aquele lugar uma segunda vez.

Feito isso, você vai querer tirar os objetos que podem se perigosos para eles (ou que você tem em grande estima). Num quarto é comum ter perfumes, cosméticos, remédios, sapatos sujos, eletrônicos, jóias, acessórios com peças pequenas, cesto de lixo, etc. Tudo isso é perigoso. Agora limpe o quarto. Pó também é ruim para eles.

Se quiser, você pode proteger sua cama ou outros móveis com um lençol velho. Pra finalizar, pense que você é um rato e procure lugares pequenos pra se esconder onde um humano não conseguiria alcançá-lo. Bloqueie esses lugares. É bem provável que você tenha esquecido alguma coisa, seus ratos vão te dizer o que foi. Depois de algumas seções você terá um quarto à prova de ratos.

Se você não pode adaptar um quarto, nem tudo está perdido. Você pode cercar uma área com caixas de papelão (altas) por exemplo. Ou mover alguns móveis para isolar uma área de um cômodo. Eu tenho um sofá que fica do lado da gaiola dos meninos. Todos os dias depois do almoço eu coloco uma rampinha entre o sofá e a gaiola deles e deixo eles brincarem em volta de mim enquanto tiro uma soneca (com um olho aberto) e ouço um disco. Eles adoram.

Agora é só adicionar ratos e você. Lembre-se de tirar os sapatos para brincar com eles. Ratos tem uma tendência de aparecer embaixo dos nossos pés, se você estiver de sapato pode machucá-los.

Quando? E por quanto tempo?

O ideal é que o rato passe uma hora por dia fora da gaiola, cinco dias por semana. Eu tento nunca deixá-los dois dias seguidos sem passear. Os melhores horários são no início da manhã, antes de eles irem dormir e à noite. Ratos são animais noturnos e a luz os incomoda. Mesmo os que não são albinos vão procurar se esconder num ambiente muito claro. Você pode usar um abajur (num local inalcançável) ou abrir só uma fresta da cortina se for cedinho.

Atividades

Antes de tudo, vou dizer que o mais importante é supervisão. Nunca deixe seus ratos pra fora da gaiola sem supervisão. Eles podem se machucar, se perder, comer o seu dever de casa, etc. É encrenca na certa. Se você tem mais de um grupo de ratos (vivendo em gaiolas separadas) não coloque pra passear junto, pode dar briga. E por favor, não coloque machos e fêmeas juntos nem por cinco minutos. Você terá muito mais ratinhos dali a 20 dias. Ok, agora vamos falar de atividades.

milka

Milka, handfighter e modelo.

Em geral, os ratos gostam mais de brincar com você do que de brinquedos. Nada como uma boa seção de cócegas na barriga. Alguns gostam de ser penteados com uma escova de dente. Eu tenho uma escova pra cada gaiola. O Phobos e o Deimos são os que mais gostam. No inverno de Curitiba, explorar os casacos da mamãe é uma das atividades favoritas das meninas. A Milka, filha do Lucas Silva (leitor do nosso blog), adora brincar de lutinha com as mãos dele. O Odin tem uma brincadeira especial que só ele faz comigo. Eu dou uma sacudida costas dele com a mão e tiro rápido. Aí ele vai correndo e sacode a minha mão. Uma vez de cada um.

Os melhores brinquedos pra rato são de graça. Os meus amam caixa de papelão. Não tem nada mais divertido pra fazer no meio da madrugada do que acordar todo mundo destruindo uma caixa. Outro sucesso é a caixinha de fósforos com sementes de girassol dentro. Eles são espertos o suficiente pra abrir a caixinha empurrando de um lado e puxando do outro, sem destruir. Depois eles destroem por diversão. Você também pode esconder comida em outros lugares, como num rolinho de papel higiênico entuchado de papel toalha.

Meu rato, meu companheiro

Meus ratos são meus companheiros em vários momentos do dia. Durante o café da manhã eu sempre tenho alguém no colo ganhando cafuné (e um possível pedacinho do que estou comendo). Se eu passo na frete da gaiola e tem alguém me chamando, levo pra dar uma volta no ombro. Se estou jogando no celular sentada no sofá, deixo eles brincarem em volta de mim. Levo pra cheirar o jardim, pra ver a lua (não importa que eles não enxergam),  pra buscar a pizza no portão e assustar o entregador, recolher a roupa do varal, etc. Meus ratos são meus melhores amigos, e eles também me consideram da família. Eles me dão banho (lambem), arrumam meu cabelo e limpam atrás da orelha. Tudo isso é carinho.

Conte-nos nos comentários que atividades você faz com seus ratos.

Anúncios

Sobre Aline Pêgas

https://alinepegas.com.br
Esta entrada foi publicada em comportamento, habitat, saúde com as etiquetas , , , . ligação permanente.

6 respostas a Passeando na Gaiola da Mamãe

  1. Jenifer diz:

    Minhas ratinhas não acostumam comigo. Sempre que as pego e as coloco no ombro, me arranham bastante e não param quietas um segundo, querem sair do meu ombro de qualquer jeito e se as pego na mão também querem fugir. Quando vou pegá-las da gaiolas também se seguram nas grades para eu não pegar 😦

    Liked by 1 person

    • Oi Jenifer. Que idade tem elas? E de onde elas vem?
      Meninas são bastante elétricas, principalmente quando jovens. Três das minhas meninas eram assim quando chegaram aqui em casa. Elas vieram de um biotério e eram bastante assustadas. Vou te contar o processo que eu fiz pra elas se acostumarem comigo. Nos primeiros dias não tirei elas da gaiola, e deixei a casa o mais quieta e calma possível. Sempre que tinha um tempinho eu sentava do lado da gaiola delas e conversava, para se acostumarem com a minha voz. Depois comecei a tirar da gaiola pra passear. Elas também não paravam quietas no ombro, então eu fiz uma sacolinha de crochê onde eu colocava elas pra passear, elas se sentiram mais seguras dentro da sacola. Com o tempo a curiosidade venceu o medo e elas começaram a subir para o ombro. Hoje em dia confiam em mim completamente, mas mesmo assim são elétricas e não param 5 minutos no colo. São meninas.
      Experimente passear com elas num quarto ou cama, em um ambiente escuro. Você também pode dar petiscos especiais para recompensar quando elas vem na sua direção (semente de girassol, passas, pedacinho de fruta que gostem, etc.)
      Espero ter ajudado.

      Gostar

  2. Aline diz:

    Adorei a ideia da caixa de fósforos com girassol. A caixa é inteira mesmo? Não precisa tirar a lixa nem nada? Quantas vezes por semana posso dar para eles brincarem? E quantas sementes coloco na caixa? Tenho duas ratas, são minhas primeiras. Estou adorando as matérias do blog, estão me tirando várias dúvidas.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s